Preconceito, educação e afeto; veja questões abordadas por mulheres no palco do TEDxPetrópolis No Dia Internacional da Mulher relembre as mensagens deixadas por palestrantes que inspiram multidões

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Preconceito, educação e afeto são algumas das reflexões levantadas por mulheres no palco do TEDxPetrópolis nas edições anteriores do evento, que ocorre desde 2016 na cidade. No Dia Internacional da Mulher, comemorado neste domingo (8), é preciso lembrar as mensagens deixadas por essas mulheres fortes, independentes, mas também sensíveis e acolhedoras.

Em 2019, Ana Paula Xongani agitou a plateia do TEDxPetrópolis ao falar da luta contra o racismo. A palestrante subiu no palco para defender que este é um assunto que deve ser discutido por toda a sociedade, inclusive pelas pessoas brancas, e afirmou que estava ali para passar o bastão.

“Me conectei muito cedo com o racismo, infelizmente. Embora ele nem sempre tenha me atingido, sempre me atacou”, disse ela, que é filha de pais ativistas.

Durante a talk, Ana Paula passou esse bastão, que ela disse ser da militância e da luta contra o racismo para a plateia do TEDxPetrópolis tornando cada um como responsável em combater o preconceito contra as pessoas negras.

Pegando esse gancho, o racismo também é uma questão de educação. E quem falou sobre educar na edição de 2016 foi Tonia Casarin ao defender que “Toda pessoa é uma escola” – uma das talks mais acessadas no youtube do TEDxPetrópolis.

Mestre em Educação pelo Teachers College (NY, EUA), Tonia destacou que “Toda pessoa é uma escola e, por isso, toda pessoa é responsável por ensinar e aprender”.

Nesse sentido, ela disse sobre a questão de lidar com as emoções, inclusive ao interagir com as crianças, e explicou a técnica do ANCORA: Acolher as emoções, Nomear as emoções, Compreender (Causas e consequências), Organizar e dar significado, Regular as emoções e Agir para aprender.

Para Tonia, a educação tem a ver com sentimento. “A Ciência já explica que a afetividade está diretamente ligada ao aprendizado”.

E se o assunto é afeto, não tem como esquecer a talk da publicitária Cíntia Caroline do projeto “Costuras do Imaginário” que fez a plateia se emocionar no TEDxPetrópolis de 2019.

Cíntia falou sobre o poder do afeto na inclusão e acessibilidade. Ela contou como embarcou no mundo do braile e sua história de amizade construída com pessoas com deficiência visual.

A publicitária criou parcerias que permitiram o empoderamento de mulheres do Lar das Cegas de Belo Horizonte. Três delas chegaram a subir no palco do evento. Foi neste momento que Cíntia deixou uma mensagem para a plateia e que deve ser compartilhada para toda a sociedade.

“Eu desejo que a gente consiga enxergar o outro. Que a gente consiga enxergar o outro além do olhar”, destacou a publicitária, acrescentando: “O afeto é capaz de transformar toda a sociedade”.

O TEDxPetrópolis já tem data marcada para 2020. O evento vai ocorrer no dia 23 de maio. O tema deste ano é: “Gente comum, ações extraordinárias!”. O local ainda está sendo definido. O TEDx faz parte de um evento maior, o TED, que promove palestras pelo mundo inteiro com a finalidade de compartilhar boas ideias. 

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.