Praia do Forte recebe o Top Surf Pro neste fim de semana

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O fim de semana será de muito surf nas ondas da Praia do Forte.  O Cabo Frio Surf Club (CSC) organiza em conjunto com a Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro (Feserj) o Top Surf Pro 2018, que vale como terceira etapa do circuito estadual profissional. O evento tem apoio da Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer e da Comsercaf.

O Top Surf Pro recebe os melhores surfistas do Estado, dentre eles, Victor Ribas, Leo Neves, Leandro Bastos e Raoni Monteiro, além do buziano José Eduardo, campeão estadual em 2017. Dentre as meninas, a competição é especial para uma delas: Karol Ribeiro, cabo-friense, atualmente líder do Tour Abrasp, o circuito brasileiro, vice-líder do circuito latino-americano e que, no mês passado, subiu ao pódio no Neutrox

Weekend, etapa unificada da World Surf League Qualifying Series (QS), divisão de acesso do surf mundial; do sul-americano da WSL South America e do Tour Abrasp, disputada em Itacaré (BA). Karol ficou na terceira posição no torneio na Bahia.

Além disso, das dez primeiras colocadas do Tour Abrasp, seis são do Rio de Janeiro e participam da competição em Cabo Frio. No ranking masculino da Feserj, João Chianca lidera o campeonato, com 1720 pontos, seguido de Leandro Bastos (1400) e Leonardo Neves (1340). No feminino, a briga está acirrada: Anne dos Santos tem 1610 pontos e lidera, apenas 20 pontos à frente de Yanca Costa. A terceira colocada é Kayane Reis, com 1415 pontos.

Para o secretário de Esporte e Lazer de Cabo Frio, Flávio Rebel, a vinda de eventos deste nível só reafirma a condição da cidade como polo esportivo. “A ideia da Secretaria é a de apoiar também os grandes eventos profissionais de esporte na cidade. Em relação ao surf, Victor Ribas está integrando a equipe de trabalho da secretaria para lidar com esses eventos de surf, kitesurf e modalidades associadas, por tudo que ele representou e ainda representa no cenário esportivo internacional. Ele não pode ser conhecido apenas por ser uma estátua. Seu prestígio é importante para a cidade. Vamos ajudar o Cabo Frio Surf Club, assim como as demais ligas e associações esportivas a se organizar para que elas possam captar recursos e organizar seus eventos com independência”, explicou.

As baterias estão previstas para iniciar às 8h e terminar às 16h. A previsão é de ondas variando até 1,5 metro, em boas condições para a realização da competição, que dará 500 pontos ao vencedor, em cada categoria, além de premiação em dinheiro: R$ 5 mil para o masculino pro, R$ 1,5 mil para o feminino pro e R$ 1,5 mil para o master pro.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.