A maioria dos postos de combustível de Brasília aumentou esta semana os preços cobrados tanto pela gasolina quanto pelo álcool. Muitas filas estão sendo registradas na capital federal para abastecimento.

Segundo o sindicato dos postos, o aumento não tem relação com a crise internacional, motivada por ataques a distribuidoras na Arábia Saudita, mas com ‘recomposição de perdas’.