Foto: Divulgação / Ascom GovRJ

Policiais Militares de Petrópolis terão câmeras portáteis nos uniformes a partir de maio

Equipamento testado no Réveillon do Rio já está sendo usado por agentes que atuam na Operação Lei Seca.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A partir do dia 16 maio, policiais militares de 10 batalhões operacionais da capital do Estado do Rio de Janeiro estarão atuando com câmeras corporais em seus uniformes, visando dar escala ao uso da tecnologia no território estadual. As cidades que compões o 7º CPA (Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo e Três Rios) terão a novidade na segunda quinzena do mês.

“A utilização das câmeras portáteis faz parte do programa de transparência do governo. Foi uma das maiores e mais importantes aquisições já realizadas em recursos tecnológicos. Essa tecnologia, além de garantir a transparência exigida pela sociedade, proporcionará aos agentes maior segurança jurídica em suas ações de patrulhamento e abordagem”, explica o governador Cláudio Castro.

A disseminação da nova tecnologia iniciada agora em todo estado foi possível graças à primeira fase de testes realizada por policiais militares durante os festejos do Réveillon de 2021/22. Agentes que atuam na Operação Lei Seca, sob a coordenação da Secretaria de Governo, também estão usando o equipamento.

No âmbito da Secretaria de Estado de Polícia Militar, todas as unidades operacionais convencionais do estado estarão utilizando 8 mil câmeras portáteis até o final do primeiro semestre deste ano.

A SEPM já definiu o cronograma de implantação. Até a segunda quinzena de maio, as câmeras estão sendo utilizadas pelos policiais militares do 1º CPA (Comando de Policiamento de Área) – o 2º BPM (Botafogo), 3º BPM (Méier), 4º BPM (São Cristóvão), 5º BPM (Praça da Harmonia), 6º BPM (Tijuca), 16º BPM(Olaria), 17º BPM (Ilha do Governador), 19º BPM (Copacabana), 22º BPM (Maré) e 23º (Leblon).

Até o final de maio, o novo equipamento estará acoplado aos uniformes dos policiais militares lotados nos batalhões do 7º CPA, que atuam na região serrana do estado – 11ºBPM (Nova Friburgo), 26º BPM (Petrópolis), 30º BPM (Teresópolis) e 38º BPM (Três Rios).

Do final de maio ao final de junho, as câmeras portáteis estarão em operação nas demais regiões, seguindo o cronograma traçado pela SEPM: 6º CPA, que atua nas regiões Norte e Noroeste do estado; 2º CPA, que atua em parte da Zona Norte e na Zona Oeste da capital; 4º CPA, responsável pelo Leste Fluminense; e 3º CPA, responsável pela Baixada Fluminense.

O secretário de Estado de Polícia Militar, coronel Luiz Henrique Marinho Pires, explica que o processo de implantação do novo equipamento na Corporação tem seguido normas técnicas estabelecidas com a empresa contratada.

“O sistema demanda instalações adequadas para guardar os equipamentos, recarregar as baterias e armazenar as imagens, além do treinamento para capacitar os nossos policiais a utilizarem corretamente o equipamento”, lembra o coronel Henrique.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.