Policiais da 166ª DP (Angra dos Reis) realizaram nesta quarta-feira (21/02) uma operação, denominada Randall, com o objetivo de combater o roubo e a receptação de veículos automotores, bem como a adulteração de sinais identificadores dos carros.

Durante a investigação, baseada em interceptações telefônicas, apurou-se que diversos indivíduos se associaram para a prática de tais delitos em Angra dos Reis, na Região Sul. Os carros, uma vez adulterados, eram repassados às facções criminosas atuantes no tráfico de drogas, sendo que esses veículos, inclusive, foram usados na recente guerra entre facções pelo controle da comunidade do Belém. Além disso, a quadrilha cedia os automóveis que eram usados em explosões de caixas eletrônicos na região.

Finda a investigação, os policiais obtiveram 11 mandados de prisão contra os associados da quadrilha e seis mandados de busca domiciliar. Com o auxílio de outras delegacias do Sul Fluminense (93ª, 94ª, 165ª, 167ª e 168ª DPs, além da Deam), foram presos 9 homens.

Também foram apreendidos, na Operação Randall, uma arma de fogo; dois simulacros de arma de fogo; documentos de veículos, cuja autenticidade é contestada; material para adulteração de chassis; um carro roubado na área da 29ª DP (Madureira); duas motocicletas supostamente adulteradas; celulares e documentos diversos.

Fonte: Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro

Crédito da foto: Divulgação / ASCOM PCERJ