Polícia prende chefe de associação criminosa que atua na clonagem de cartões de riocard e bilhete único

A operação Herácles foi deflagrada em janeiro deste ano, ocasião em que foram cumpridos onze mandados de prisão temporária e nove mandados de busca e apreensão.

Policiais da 12ª DP (Copacabana) prenderam em flagrante, nesta quinta-feira (30/07), um homem apontado como chefe de uma organização criminosa que atua na clonagem de cartões de riocard e bilhete único. A prisão aconteceu no município de Nova Iguaçu e se deu em continuidade à Operação Herácles. Durante a ação, também foram arrecadados dezenas de cartões clonados do tipo bilhete único, prontos para distribuição e uso fraudulento, além de um notebook usado na implementação das fraudes e um caderno com anotações manuscritas de códigos de cartões a serem clonados.

A operação Herácles foi deflagrada em janeiro deste ano, ocasião em que foram cumpridos onze mandados de prisão temporária e nove mandados de busca e apreensão. A quadrilha é especializada na fraude aos cartões riocard e bilhete único, causando prejuízos à  Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor). Os criminosos atuavam de duas formas: ora quebrando a chave de segurança dos cartões, por meio de aplicativos de celular e outros softwares, para posteriormente replicarem os créditos e venderem as passagens, de forma avulsa, por valor abaixo da tarifa tabelada; ora fazendo o chamado bola-bola, que consiste na venda avulsa das passagens da integração, dentro do período da gratuidade.

Fonte: Secretaria de Estado de Polícia Civil

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também