Foto: Reprodução da Internet

Polícia Federal faz operação contra fraudes em contratos na UFRJ

Medida investiga irregularidades ocorridas no Instituto de Psiquiatria.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Polícia Federal (PF) cumpre hoje (8) dois mandados de prisão temporária e nove de busca e apreensão contra empresários e servidores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) suspeitos de fraudes em contratos públicos. A operação Pronta Emergência II investiga irregularidades ocorridas no Instituto de Psiquiatria da universidade.

A ação é um desdobramento da operação Pronta Emergência, realizada em fevereiro deste ano, que apurou desvios em contratos de mais de R$ 6 milhões no Instituto.

De acordo com a PF, servidores se associaram a empresários para direcionar contratações em troca do recebimento de vantagens indevidas. Entre as irregularidades apontadas pela investigação estão cotações fictícias, superfaturadas e com empresas integrantes da organização criminosa e a elaboração de estudo técnico preliminar pelas próprias empresas.

Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Federal Criminal do Rio. Os investigados respondem pela prática dos delitos de organização criminosa, peculato e fraudes em licitação.

Por meio de nota, a UFRJ informou que aguarda a apuração dos fatos e que repudia “qualquer ação que atente contra os princípios que balizam a Administração Pública”.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.