Polícia Civil prende um dos principais receptadores de joias roubadas de casas de luxo da Região Serrana e de Niterói

Segundo os agentes, as joias eram comercializadas ilegalmente no Mercado de Flores, localizado na capital do Rio.

Policiais civis da 105ª DP (Petrópolis) prenderam um homem apontado como um dos principais receptadores de joias de alto padrão do estado. As investigações indicam que o criminoso está associado a assaltantes especializados em assaltar mansões na Região Serrana e na Região Oceânica de Niterói, tendo como função destinar a mercadoria roubada das residências. Segundo os agentes, as joias eram comercializadas ilegalmente no Mercado de Flores, localizado na capital do Rio.   

Conhecido como “Cícero do Ouro”, o bandido foi localizado e detido em Copacabana, Zona Sul do Rio. De acordo com os agentes, o bandido passou a ser investigado após  a prisão de dois  assaltantes, em 17 de março deste ano, que tentavam furtar uma casa. Na delegacia, a dupla informou que “Cícero” receptou joias roubadas de uma mansão localizada em Itaipava, distrito de Petrópolis, em janeiro deste ano. As peças estavam avaliadas em R$ 300 mil reais.

Segundo os policiais, o criminoso é investigado desde 2006, quando receptou joias roubadas da residência de um senador, localizada em um condomínio de luxo, no bairro São Conrado, Zona Sul do Rio.  

Durante as diligências de buscas e apreensão, realizadas na última quinta-feira (25/03), nos bairros Copacabana, Leblon e em sete salas comerciais no centro do Rio, a maioria de propriedade de “Cicero”, foram apreendidos diversos materiais, que passarão por análise pericial. 

As investigações continuam para apurar a participação de outras pessoas envolvidas na comercialização e receptação de joias.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também