Polícia Civil prende responsáveis pela morte do técnico de enfermagem Jailson Estevam da Silva

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Jailson foi assassinado no último dia 25, entenda o caso.

Já passava das 0 horas do dia 25 de abril quando o técnico de enfermagem Jailson Estevam da Silva encontrou com Alef Souza Barros, 22 anos, e com o adolescente “P A C S”, 17 anos, para o que ele imaginava ser mais um programa sexual. De um bar no centro da cidade de Petrópolis, os três rapazes seguiram para o bairro Duchas.

Ao contrário do que imaginava o técnico de enfermagem, Alef e o adolescente PACS já haviam saído do centro da cidade de Petrópolis com o objetivo único de roubar a vítima. Ao sair do centro da cidade, Alef ja tinha com ele a faca de cozinha que imaginava usar para constranger e roubar Joilson Estevam. Apontado por um amigo como sendo alguém que tinha dinheiro e pagaria por um programa sexual, o técnico de enfermagem era a presa fácil para a dupla que o procurou através de redes sociais, marcou o encontro, definiu o local e o conduziu até o ponto onde foi executado e teve seu veículo e outros pertences subtraídos.

Com a mesma faca que tinha ao sair do centro da cidade, Alef golpeou o técnico de enfermagem até provocar sua morte. Já sem vida, o corpo foi jogado para fora do veículo cuja direção foi por eles assumida. Depois de colidir com o carro, a dupla de criminosos transitou por horas com o veículo Volkswagen Fox de cor prata da vítima ate decidirem levá-lo para o bairro Bingem. Em diligências continuas desde a notícia do crime, policiais civis localizaram o veículo da vítima já sem as placas em frente ao clube Centenário. Jogado as margens do rio ao lado, placas, roupas e lenços umedecidos sujos de sangue já eram o sinal de que o veículo havia sido remexido com o objetivo único de tentar apagar vestígios do crime. No mesmo clube centenário, policiais civis colheram os principais indícios que levaram à identificação de Alef e do adolescente PACS. Invadido há alguns meses, o clube abandonado havia se tornado abrigo para a dupla guardar parte dos bens subtraídos. Moradores vizinhos noticiaram o momento em que o adolescente PACS retirava vestígios do veículo já sem as placas.

Se revezando no tempo e no espaço, equipes da 105a DP, através de imagens e informações coletaram vestígios nos pontos por onde a dupla havia passado. Na madrugada de hoje, com auxílio de policiais militares do serviço reservado do 26o BPM, Alef e o adolescente PACS foram localizados no bairro Quitandinha. Em poder dos dois rapazes, foi encontrada a chave do veículo da vítima e outros objetos subtraídos. Conduzidos para a 105 DP, Alef e PACS confessaram o crime. O adolescente PACS já tinha contra ele um mandado de busca e apreensão expedido pela Vara da Infância e Juventude de Petrópolis face seu envolvimento com o tráfico de drogas. Alef teve sua prisão temporária e será encaminhado para o presídio. O adolescente PACS será apresentado ao Exmo. Sr. juiz de Direito da Vara da Infância e Juventude de Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.