Polícia Civil prende autor de feminicídio ocorrido em Nova Iguaçu

Corpo foi encontrado carbonizado no porta-malas do carro da vítima
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam, neste domingo (23), um homem, de 37 anos, por crime de homicídio qualificado por feminicídio. Ele foi capturado no Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, onde estava internado, após monitoramento do Setor de Inteligência.
 
O corpo da mulher foi encontrado, no dia 20 de janeiro, carbonizado no porta-malas do seu próprio carro. Em primeiro depoimento, o marido prestou depoimento informando que teriam sido sequestrados e que os supostos criminosos também tentaram atear fogo nele. Por esta razão, estava internado na unidade hospitalar.

No curso da investigação foram recolhidas imagens de câmeras de segurança que permitiram confirmar que o acusado mentiu. Um novo interrogatório foi realizado e o homem confessou o crime. Ele disse que, após bater com a cabeça da vítima violentamente no porta malas do veículo, a colocou naquele espaço e jogou álcool; incendiando o veículo em seguida.

A motivação do crime, segundo os policiais, teria sido ciúmes em razão de mensagens visualizadas no celular da vítima. Contra o detido, foi cumprido mandado de prisão temporária expedido pela Justiça.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.