Polícia Civil prende 17 pessoas por golpe do empréstimo consignado

Os agentes estimam que o prejuízo causado pelo grupo seja de cerca de R$ 200 mil.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Policiais civis da 52ª DP (Nova Iguaçu) e agentes do programa Segurança Presente prenderam 17 integrantes de uma organização criminosa nesta quarta-feira, dia 24, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O Setor de Inteligência da delegacia identificou que uma empresa financeira conseguia enganar vítimas com a promessa de que conseguiria reduzir os valores das parcelas de empréstimos consignados. Entre os presos, está o proprietário da empresa.

As vítimas acreditavam nas falsas promessas e eram enganadas pela referida firma, que ficava com os valores dos novos empréstimos fraudulentos. Os agentes estimam que o prejuízo causado pelo grupo seja de cerca de R$ 200 mil.

A empresa possuía um sistema que permitia saber a margem de empréstimos que cada pessoa poderia obter junto às instituições financeiras. Com base nessas informações, as vítimas eram escolhidas. Os alvos, na grande maioria dos golpes, eram pessoas idosas que tinham dificuldades de compreender como o golpe funcionava.

Outras empresas semelhantes estão sendo monitoradas e as diligências prosseguem para identificar toda a organização criminosa.

Fonte: Governo do Estado do RJ

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.