Foto: Divulgação

Polícia Civil e Receita Federal apreendem drogas armazenadas em encomendas postais

Ação aconteceu no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão)
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Polícia Civil, por meio da Delegacia do Aeroporto Internacional (DAIRJ) e da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), e a Receita Federal apreenderam, nesta quarta-feira (30/11), drogas sintéticas, maconha, crack, skunk e haxixe armazenados em encomendas postais no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão). A ação foi realizada após levantamento de informações e um trabalho de inteligência. Peritos do Instituto Félix Pacheco (IFP) e cães farejadores também participaram da operação.

As investigações começaram em setembro deste ano. Uma remessa de 1.200 comprimidos de ecstasy foi apreendida em Fortaleza, no Ceará. Os agentes descobriram que o mesmo remetente havia enviado drogas para destinatários de outros estados, inclusive, para o Rio de Janeiro. Com base nesses dados, os policiais solicitaram aos Correios a retenção de mais de 2 mil remessas suspeitas e deflagraram a operação.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.