O delegado Vinicius Domingos, da 42ª DP (Recreio), determinou, na noite desta quinta-feira, a interdição da montanha-russa do Rock in Rio, após uma falha técnica deixar quatro pessoas presas no brinquedo.

O resgate, feito com um guindaste, durou cerca de uma hora. As quatro pessoas, entre elas um cadeirante, foram levadas depois para um ambulância.

Em nota, o Rock in Rio informou que a retirada foi feita conforme o protocolo de segurança, e que a montanha-russa passou por testes após o acidente.

Foto: Fabiano Rocha / Agência O Globo

O brinquedo parou por volta das 18h. Segundo Thiago Gabetto, que estava na fila, um problema com cintos de segurança ja havia motivado uma parada do brinquedo minutos antes.

— Travaram a montanha russa e consertaram o cinto. Um tempo depois, com outras pessoas, o carrinho parou.