Arquivo/Tomaz Silva/Agência Brasil

Polícia Civil deflagra operação contra comercialização fraudulenta de ingressos do Bondinho Pão de Açúcar

A investigação continua para identificar e responsabilizar todos os envolvidos.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Policiais civis da Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat), com apoio de agentes do Departamento-Geral de Polícia Especializada (DGPE), deflagram, nesta quinta-feira (08/12), uma operação para cumprir 11 mandados de busca e apreensão contra estelionatários acusados de comercializar ingressos do Bondinho do Pão de Açúcar de forma fraudulenta. A ação acontece em diferentes bairros da capital.

Os alvos são guias de turismo que participam do esquema criminoso que já resultou no prejuízo de cerca de R$ 150 mil, no período de seis meses, para a concessionária que administra o ponto turístico. O modus operandi consiste em duas etapas. A primeira é aquisição de ingressos, por meio do canal oficial de compra, com a utilização de cartões de crédito clonados e furtados ou roubados. A segunda é a revenda aos turistas por preço abaixo do praticado pela empresa responsável pela comercialização do tíquete.

De acordo com os agentes, quando o real titular do cartão identifica a compra não autorizada, faz contato com a instituição financeira solicitando o estorno do valor. Desta forma, a quantia não é repassada para a administração do parque, que fica com o prejuízo referente ao ingresso.

A investigação continua para identificar e responsabilizar todos os envolvidos.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.