Polícia Civil cumpre mandados contra maior organização criminosa do Rio de Janeiro

Operação vai envolver agentes de quatro estados
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), por meio da Delegacia de Combate ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DCOC-LD), realiza a “Operação Link”, na manhã desta quinta-feira (15/10), para cumprimento de oito mandados de prisão temporária, 30 mandados de busca e apreensão, o bloqueio de aproximadamente R$ 12 milhões nas contas bancárias e o sequestro de bens de alto valor de acusados de envolvimento na maior organização criminosa do Rio de Janeiro. A ação terá apoio dos Departamentos de Polícia Especializada; de Polícia do Interior e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), além das polícias civis de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul.

De acordo com as investigações, os suspeitos depositavam dinheiro em bancos a partir de diversos municípios do Rio de Janeiro, destinando para os estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, em um esquema de lavagem de dinheiro e pagamento pela remessa de drogas e armas para o grupo criminoso do Rio de Janeiro. O esquema utilizava moradores de comunidades de Japeri, São Gonçalo, Cabo Frio e de Volta Redonda, que depositavam grandes valores em contas falsas, que chegaram a movimentar aproximadamente R$ 20 milhões.

Fonte: Secretaria de Estado de Polícia Civil

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.