Polícia ambiental constata abertura clandestina de estrada em terreno em Itaipava

A denúncia feita ao Linha Verde também constatou corte de talude no local.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Uma denúncia feita ao Linha Verde (0300 253 1177) – programa do Disque Denúncia voltado para denunciar crimes contra o meio ambiente – sobre extração irregular de árvores em Petrópolis, possibilitou a interdição de serviços de movimentação irregular de terra, abertura de uma estrada clandestina e a formação de um platô na manhã desta segunda-feira (26) em Itaipava.

Segundo informações do programa Linha Verde, a denúncia foi averiguada por policiais da 5ª Unidade de Policiamento Ambiental, na Estrada União e Indústria, na altura do número 13.800, terreno pertencente à uma igreja. Assim que os agentes chegaram no local, observaram uma máquina retroescavadeira que se encontrava parada no momento da fiscalização, porém, foi constatada a movimentação do solo com abertura de uma rua, corte de talude e nivelamento de greide, degradando uma área com cerca de 3 mil metros quadrados. Os policiais aguardaram a chegada de um responsável pelas atividades e, quando questionado acerca das licenças ambientais pertinentes para a realização do serviço, o mesmo informou não as possuir, contrariando então o artigo 60 da lei de crimes ambientais. Diante dos fatos, ele foi conduzido à 106ª DP, onde após realização da perícia, a ocorrência foi registrada. Vale ressaltar que foi feito um termo de interdição onde o proprietário só poderá realizar novas interdições após regularização junto à prefeitura municipal, já que o local está em uma zona restritiva.

Lembrando que somente no ano de 2021, o programa Linha Verde já recebeu 354 denúncias sobre crimes ambientais vindas do município de Petrópolis, sendo que os três assuntos mais denunciados são desmatamento florestal, extração irregular de árvores e construção irregular. Para denunciar qualquer ilícito contra o meio ambiente, a população pode ligar para os números 0300 253 1177(custo de ligação local) e (21) 2253 1177, ou ainda utilizar o aplicativo para celulares “Disque Denúncia RJ”. Em todos os canais, o anonimato é garantido ao denunciante.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.