Em Belo Horizonte, o Cruzeiro recebeu o Fluminense, que conseguir abrir o placar fora de casa com o centroavante Pedro, que substituía o artilheiro do campeonato Henrique Ceifador, que estava cumprindo suspensão nesta rodada.

Em seguida o Cruzeiro empatou com Lucas Romero, volante argentino, assim terminando a primeira etapa empatada em 1 a 1, o que era um ótimo resultado para o tricolor das laranjeiras.

Aos 13 minutos da etapa complementar, o árbitro marca nova falta e expulsa o lateral Marlon, revoltando a comissão técnica e jogadores do Fluminense, interrompendo o jogo por cerca de 5 minutos, por causa dos protestos referentes a rigidez do árbitro em relação ao atleta tricolor.

Apos a interrupção a falta foi cobrada e Diogo Barbosa virou o jogo para a raposa, algum tempo depois Thiago Neves marcou o gol que selou a vitória do Cruzeiro sobre o Fluminense.

O resultado manteve a equipe celeste em quinto, já o Fluminense manteve-se com 43 pontos, agora a sete da zona de rebaixamento, o time segue brigando por vaga na Sul Americana do ano que vem.

(imagem retirada do site torcedores.com)