Na manhã desta quinta-feira (19), dois policiais militares, lotados no Rio de Janeiro, foram presos por suspeita de envolvimento em chacina que matou dois homens e deixou outros dois feridos em março deste ano, em Petrópolis, Região Serrana do Estado do Rio. A ação teria acontecido no bairro Fazenda Inglesa e o alvo seria traficantes da região.

Em vídeo divulgado na internet é possível ver a movimentação dentro de um bar a partir de uma câmera de segurança e a entrada dos policiais apaisanas no local. É possível ver um carro se aproximando, com disparos ainda do lado de fora do estabelecimento. Assustadas as pessoas correm, e quem fica é atingido.

Segundo o delegado da 105ª Delegacia Policial, Claudio Batista Teixeira, um terceiro suspeito de ter participado do crime está sendo investigado, mas ainda não foi identificado. De acordo com Claudio, a linha de investigação da Polícia Civil aponta que a chacina foi motivada pelo combate ao crime organizado no bairro.

Os policiais trabalhavam em uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na Zona Sul da capital carioca, na época em que o crime foi cometido. Eles foram encontrados em Piedade, Zona Norte do Rio e o outro estava em casa, no bairro Fazenda Inglesa, respectivamente. Ambos negam ter participado do ocorrido.

Claudio Batista afirmou que os militares podem responder pelos crimes de homicídio duplamente qualificado e tentativa de homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil, já que as vítimas não puderam se defender.

Por: Gabriel Malheiros / Foto: G1 Região Serrana