PMP discute Revisão da Lei de Uso Parcelamento e Ocupação do Solo Seminário Petrópolis para todos acontece nos dias 11 e 12 de maio

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Com área territorial de 793 quilômetros quadrados e população estimada em 298.235 habitantes em 2017,de acordo com Censo do IBGE, um dos desafios da atual gestão é traçar um planejamento urbano para que a cidade, que em 2010 já tinha densidade demográfica de 371 habitantes por quilômetro quadrado esteja estruturada para crescer de forma ordenada, sustentável e com infraestrutura para desenvolver atividades de suas diferentes vocações. Com este objetivo a prefeitura vem trabalhando na revisão da Lei de Uso Parcelamento e Ocupação do Solo – que há 20 anos não sofre um amplo exame. O assunto é pauta de um seminário nos dias 11 e 12 deste mês.

“A Luposé uma lei que interfere diretamente no dia a dia de todos, pois estabelece os parâmetros para uso do solo, definindo por exemplo que atividades são permitidas em cada região da cidade, entre outras delimitações importantes para o planejamento da cidade, para a gestão e até mesmo captação de recursos para investimentos”, pontua o prefeito Bernardo Rossi.

Desde que foi criada em 1998, a Lei 5.393 nunca sofreu uma revisão ampla. O coordenador de Planejamento e Gestão Estratégica, Roberto Rizzo, explica que neste período foram feitas três revisões de Planos Diretores que afetaram a Lupos. Além disso, a Coperlupos aprovou diversas alterações pontuais que hoje geram complicações na rotina da cidade, prejudicando por exemplo a mobilidade urbana.

“Esta revisão nos dará também a oportunidade de atualizar a legislação do planejamento urbano – trabalho que foi relegado em gestões anteriores. Uma legislação mais atualizada permitirá um melhor controle social, dos indicadores de dinâmicas urbanas além dos instrumentos de gestão urbana, como diretrizes e conceitos necessários a correção do descontrole da expansão urbana e desordem nas ocupações irregularidades”, explica.

A intenção é mobilizar representantes de diferentes segmentos e reunir dados que contribuam para a atualização. Para tanto a equipe da coordenadoria está levantando informações e coletando dados técnicos. Este trabalho é feito com a participação de universidades e entidades de diferentes segmentos.

A revisão da Lupos vai dotar o município dos meios legais necessários para promover uma melhor qualidade de vida aos cidadãos, além de equilíbrio na disposição dos serviços públicos, privados e atividades econômicas. Com isso será possível promover a qualificação da infraestrutura viária e mobilidade urbana também”, destaca, lembrando que por isso é importante que toda sociedade participe deste processo. O seminário “Petrópolis para Todos”acontece nos dias 11 e 12 de maio no auditório da Universidade Católica de Petrópolis.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.