Um policial militar reformado foi morto a tiros, na noite desta segunda-feira, em Magé, na Baixada Fluminense. O terceiro sargento Vaulir Richard de Almeida Costa, de 49 anos, estava perto do supermercado onde trabalhava quando foi assassinado com vários tiros.1

De acordo com o 34º BPM (Magé), Vaulir caminhava pela Estrada Nova de Mauá, próximo ao local de onde ele trabalhava como segurança de supermercado, quando três criminosos passaram em um carro, um Corolla prata, atiraram várias vezes e fugiram em seguida.

O PM reformado chegou a ser socorrido e levado para um posto médico da região, mas não resistiu aos ferimentos. As primeiras investigações da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) apontam para um caso de execução.

Com a morte do terceiro sargento, chega a 13 o número de policiais mortos no estado. Doze deles pertenciam à Polícia Militar e um era delegado da Policia Civil. A média é de aproximadamente um a cada dois dias e meio, de acordo com o Disque-Denúncia, que oferece recompensa de R$ 5 mil por informações que levem à prisão dos matadores de Vaulir.

Quem tiver qualquer informação pode informar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; Central de Atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177; através do Facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ. Todas as informações serão direcionadas para DHBF e o anonimato é garantido.

Fonte: ODIA