Um tenente da Polícia Militar, de 25 anos, atirou dentro de um hospital particular, em Vila Velha, no Espirito Santo, na madrugada desta quarta-feira (2).

O policial procurou o hospital particular para um atendimento e de acordo com funcionários, ele já entrou no local alterado, exigindo rapidez no serviço. Na confusão, o tenente atirou no teto e em uma divisória de vidro na área de repouso do pronto-socorro. Foram cinco tiros no total, segundo testemunhas, mas ninguém se feriu.

Depois disso, ele foi atendido por uma médica clínica geral. Para ela, o policial disse que estava arrependido do que fez.

A Companhia Independente de Missões Especiais foi chamada para as negociações e a área do hospital foi isolada. Às 6h, a ambulância da PM fez a transferência do tenente para o Hospital da Polícia Militar, onde permanece internado. Ele foi internado sob escola policial e, assim que tiver alta, será encaminhado ao presídio militar, onde aguardará audiência de custódia. Ele foi autuado por disparo de arma de fogo. A arma do tenente foi apreendida e será encaminhada para perícia.