Plano Inverno: primeiro dia da campanha do agasalho recolhe 50 peças Barraca montada na Praça Dom Pedro recebe as peças de roupa até o dia 6 de julho

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias iniciou nesta quinta-feira (06.06) a campanha de arrecadação de agasalhos e cobertores. Neste primeiro dia, foram recolhidas 50 peças de roupas, entre camisas de manga longa, calças e casacos. Uma barraca está montada na Praça D. Pedro e fica até o dia 6 de julho – mesma data em que acontece uma Festa Julina solidária na sede da Defesa Civil encerrando a programação. A ação faz parte do Plano Inverno de Petrópolis 2018, que busca enfrentar as ameaças da estação com ações em dois eixos: operacional e humanitário.

A meta da Defesa Civil é ultrapassar o número de peças do ano passado, quando o órgão municipal entregou mais de 2 mil doações em nove instituições da cidade. Além da barraca na Praça, a sede da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias também vai receber as doações. Seguindo a vertente da ajuda humanitária, a Defesa Civil realiza a campanha pensando na população mais carente da cidade. A Festa Julina solidária, que encerra a campanha, acontece no dia 6 de julho às 18h30.

“Sabemos que durante o inverno o frio em Petrópolis é intenso e a nossa campanha busca contribuir com as pessoas que mais precisam. Contamos com o apoio dos petropolitanos para o sucesso em mais uma campanha. Uma das vertentes mais importantes da Defesa Civil é a ajuda humanitária. O resultado para o primeiro dia é bastante positivo. Acredito que nos próximos dias, com a divulgação da campanha, os resultados serão ainda melhores”, explica o secretário de Defesa Civil, coronel Paulo Renato Vaz, lembrando que neste ano a pasta já realizou a entrega de rosas nos abrigos de idosos no dia das mães e o Dia D da campanha de doação de sangue da prefeitura.

A secretaria de Assistência Social, Denise Quintella, participou do primeiro dia da campanha, junto com o chefe de gabinete Renan Campos. Ela também anunciou que o Centro de Cidadania, em Itaipava, também vai receber doações. “O trabalho em conjunto com a Defesa Civil acontece desde o ano passado, dentro das ações do eixo humanitário do Plano Inverno de Petrópolis. É fundamental aquecer o inverno de quem mais precisa”, disse.

Neste primeiro dia, a campanha foi bastante elogiada pela população. O petropolitano Fabrício Vinci, de 37 anos, vai morar nos Estados Unidos a partir do mês que vem, e por conta disso, está organizando o que vai levar de roupa. Só nesta quarta-feira, ele levou 10 casacos para a campanha da Defesa Civil. Até sexta, segundo ele, mais roupas sairão do guarda-roupa.

“Por conta da mudança, vou doar muita coisa. É importante pensar no próximo. Hoje, por exemplo, está um dia muito frio e tem gente que não consegue se proteger. O espírito de solidariedade é uma coisa bacana no nosso povo e a campanha da Defesa Civil muito bonita. Tomara que a população da cidade abrace a ideia”, disse.

Campanhas humanitárias começaram no ano passado

No ano passado, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias promoveu uma campanha de recolhimento de agasalhos e arrecadou 2.300 peças, que foram entregues para instituições carentes do município.

Dentro o eixo humanitário, a Secretaria de Defesa Civil arrecadou ainda chocolates, colaborando com a Páscoa da Sociedade Pestalozzi; distribuiu rosas em lares de idosos da cidade no Dia das Mães, organizou a doação dos agentes no Banco de Sangue Santa Teresa no Dia Mundial do Doador de Sangue, além de entregar para a Creche Santo Antônio, da Paróquia de Santo Antônio e Santo Agostinho em Nogueira, 108 pacotes, totalizando 2.412 fraldas infantis.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.