Foto: Divulgação

Plano de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica (PMMA) é enviado a prefeito de Magé

O PMMA poderá ser transformado em um decreto ou enviado à Câmara de Vereadores na forma de um Projeto de Lei
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Conselho Municipal de Meio Ambiente, formado por representantes da administração pública de Magé e da sociedade civil organizada, aprovou, na última quinta-feira (25), em uma reunião on-line, o Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica (PMMA).

O documento, com 107 páginas, será enviado ao prefeito Renato Cozzolino e poderá ser transformado em um decreto ou enviado à Câmara de Vereadores na forma de um Projeto de Lei. Alguns dos principais pontos do PMMA são o apoio aos proprietários rurais na recuperação de áreas de Preservação Permanente (APPs), a revitalização do Horto e dos manguezais, a regulação do acesso às cachoeiras e a criação de uma Unidade Demonstrativa para servir de modelo de gestão para as demais.

Magé tem 63% do seu território coberto por floresta, tendo áreas do Parque Nacional da Serra dos Órgãos incluídas nesta cobertura. Além disso, há outras nove unidades de Conservação públicas na cidade sendo administradas pela Prefeitura e pelo Governo do Estado.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.