Brasília, 02/09/2020. O Banco Central (BC) lançou nesta quarta-feira (02/09) a nova nota de R$ 200,00 com a imagem do lobo-guará. Foto: Raphael Ribeiro/BCB

PIB do Brasil deve subir em janeiro de acordo com o Banco Central

Em dezembro, o avanço havia sido de 0,71% (dado revisado). O resultado ficou bem acima da expectativa em pesquisa da Reuters, de avanço de 0,40%. Foi o nono mês consecutivo de alta.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central), considerado uma “prévia” informal do PIB (Produto Interno Bruto), subiu 1,04% em janeiro na comparação com o mês anterior, de acordo com dado dessazonalizado divulgado pelo BC (Banco Central) hoje.

Em dezembro, o avanço havia sido de 0,71% (dado revisado). O resultado ficou bem acima da expectativa em pesquisa da Reuters, de avanço de 0,40%. Foi o nono mês consecutivo de alta.

A variação do índice em janeiro é a maior desde setembro de 2020, quando havia subido 1,83%.

Na comparação com janeiro de 2020, o IBC-Br registrou queda de 0,46% e, no acumulado em 12 meses, teve recuo de 4,04%, segundo números observados.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.