Campos dos Goytacazes/RJ – Na manhã desta sexta-feira (12/01), a Polícia Federal deflagra a segunda etapa da Operação Cardiopatas que investiga a atuação de uma organização criminosa especializada em fraudes previdenciárias, com envolvimento de médicos e servidores do INSS. Estão sendo cumpridos 2 mandados de prisão preventiva e 5 mandados de busca e apreensão no município de Campos dos Goytacazes/RJ.

As ações são coordenadas pela Delegacia da PF em Campos dos Goytacazes e os investigados responderão pelos crimes de pertencimento à organização criminosa, estelionato previdenciário e corrupção ativa.

Operação Cardiopatas
Com a sua primeira fase deflagrada pela PF em 08 de dezembro do ano passado, a Operação Cardiopatas deu cumprimento, naquela oportunidade, a 12 mandados de prisão preventiva, 03 de prisão temporária, 15 de busca e apreensão e 20 de condução coercitiva, nos municípios de Campos dos Goytacazes, São João da Barra, Italva e Casimiro de Abreu.

As ações apuraram suspeitas de corrupção de servidores do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Entre os investigados estão técnicos do seguro social, médicos peritos, médicos particulares, agenciadores de benefícios e pessoas.

No curso da investigação foram identificadas fraudes em 34 benefícios por incapacidade, entre auxílios-doença e aposentadoria por invalidez, gerando um prejuízo superior a quatro milhões de Reais à previdência social.

Fonte: Polícia Federal no Rio de Janeiro