Petrópolis volta a receber recursos do Estado para a saúde e vai aplicar verbas próprias na compra de medicamentos e ampliação de programas

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Verba do Governo do Estado não era repassada desde 2015 e garantirá avanços para a saúde do município

Petrópolis volta a ter o custeio do Governo do Estado para a manutenção de serviços da rede pública de saúde. O município passa a receber o suporte de mais de R$ 1 milhão mensal que será investido para a aquisição de equipamentos, insumos e medicamentos para as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), SAMU e Farmácias Básicas. O montante passa a cobrir também parte dos gastos das unidades de atenção básica. Os valores contribuirão para desonerar parte o Tesouro Municipal, que tem 37,14% do orçamento aplicado em ações e serviços públicos de saúde.

“A Prefeitura estava bancando sozinha, desde o início da gestão, com esses custos das UPAs, Samu e Farmácias Básicas. O investimento na Saúde é uma das prioridades desse governo, que já aplica mais que o dobro do que os 15% estabelecidos na constituição. O restabelecimento desse repasse é mais um ganho para o município. Com o Estado voltando a ser parceiro, podemos colocar recursos próprios na ampliação dos serviços”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

Os repasses para o SAMU, UPAs e Atenção Básica serão mensais e bimestrais para as Farmácias Básicas. O município custeia parte dos gastos de manutenção dos serviços e conta com a contrapartida da União e do Governo do Estado.

 A retomada das contrapartidas do Estado foi decidida em encontro mensal do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS), realizado no Rio de Janeiro, com a participação de secretários da saúde dos 92 municípios fluminenses. Na ocasião, a Secretaria de Saúde do município teve representação nas discussões para a liberação de emendas e credenciamentos para o serviço de Saúde do município.

A partir das últimas negociações com a secretária municipal de Saúde, Fabíola Heck, além do custeio para serviços já acordados – UPAs, SAMU, farmácias -, o estado passará a contribuir com verbas para os serviços de Atenção Básica. Assim, as unidades de saúde do município ganharão reforço para melhorias estruturais e ampliação dos serviços. “Vamos poder investir na compra de equipamentos, medicamentos, insumos para avançar ainda mais os serviços oferecidos”, destaca Fabíola.

Durante a reunião mensal dos secretários municipais de saúde, foi realizada a eleição do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS) e a cidade de Petrópolis foi convidada a ter representação na suplência do órgão. “Vamos ter participação ativa para discutir políticas públicas na esfera estadual e federal. É mais um ganho para o nosso município”, destaca a secretária de Saúde.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.