Petrópolis vai receber mais de R$ 4,5 milhões para hemodiálises

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O município vai receber um reforço financeiro no custeio de hemodiálises e diálises pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O Governo Federal anunciou, nesta quarta-feira (19.09), um repasse a ser feito pelo Fundo Nacional de Saúde para os Fundos de Saúde de 29 municípios do estado do Rio de Janeiro. Petrópolis vai passar a receber mais R$ 4,5 milhões por ano. Por mês, em conveniadas contratadas são cerca de 1,7 mil procedimentos.

“São tratamentos contínuos e que demandam muita atenção aos pacientes. Com as verbas sendo aumentadas a prefeitura tem a chance de investir com recursos próprios em outras frentes de atendimento”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

Em Petrópolis, duas unidades de saúde realizam hemodiálise em convênio com o município. No Hospital Santa Teresa, que fez, só em agosto, mais de mil procedimentos, e a Clínica Renalle, responsável por mais de 700 hemodiálises no mês.

O novo recurso faz parte do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC) para nefrologia, um incentivo financeiro que custeia parte desse tipo de procedimento. No total, o Governo Federal vai destinar mais de R$ 302 milhões para o estado, um recurso extra a ser pago mediante produção de cada município.

“Este recurso tem o objetivo de ampliar e qualificar os serviços de nefrologia no município. Desejamos aprimorar estes serviços, que são oferecidos a pacientes renais crônicos, em estágios diferentes, de acordo com a necessidade”, comentou a secretária interina de Saúde, Fabiola Heck.

Em todo o Brasil, segundo o Ministério da Saúde, existem 721 estabelecimentos habilitados para oferecer tratamentos renais pela rede pública de saúde. Entre 2010 e 2017, 233 novos serviços foram habilitados. O SUS conta hoje com 24.213 equipamentos de hemodiálise.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.