Petrópolis terá escola de samba desfilando no Carnaval do Rio, no grupo de acesso à Sapucaí

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Cidade Imperial vai contar com uma escola de samba representante no Carnaval carioca do próximo ano: a Império de Petrópolis será a sétima a desfilar na Intendente Magalhães. Localizado em Madureira, este é um dos grandes centros do samba do Rio de Janeiro e serve de base para as escolas do grupo de acesso ao Sambódromo. Fundada há cerca de três anos, a agremiação vai levar 500 pessoas ao desfile, com um enredo sobre uma paixão nacional, a cerveja.

            Na última quinta-feira (10.10), a diretoria e parte dos membros da escola se apresentaram no Teatro Afonso Arinos, no Centro de Cultura Raul de Leoni, e lançaram, oficialmente, o enredo: “De pão líquido à paixão nacional”. Sem quadra fixa, a escola é itinerante e reúne apaixonados pelo samba em toda a cidade. “Tivemos a Vila Isabel este ano, que fez um belo Carnaval sobre Petrópolis, e agora vamos ter uma escola da cidade desfilando. Estamos trabalhando para fazer um grande Carnaval”, explica o presidente da Império de Petrópolis, Mestre Ivo.

            Passistas, parte da bateria, o intérprete Nardo Simpatia, entre outros membros apresentaram um pouco do que será levado à capital no próximo ano pela escola, que tem Laerte Gulini como carnavalesco. Na Intendente Magalhães, desfilam as escolas de samba da LIESB e demais associações que desejam subir para o ponto mais alto do Carnaval do Rio: a Sapucaí. Apesar de uma estrutura menor que os desfiles da Sapucaí, as fantasias e o profissionalismo são praticamente do mesmo nível, já que a vencedora do Grupo B desfila no Sambódromo no ano seguinte.

            “O Carnaval é uma festa cultural tradicional em todo o país. E estamos muito felizes de ver que Petrópolis também terá sua representante no Carnaval do Rio, que é o maior Carnaval do mundo”, destaca o diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes (IMCE), Marcelo Florencio. “Foi uma apresentação muito bonita, a cidade toda agora precisa conhecer essa escola e espero que a gente continue mostrando nossa cidade pro Brasil e pro mundo”, completa o secretário da Turispetro, Marcelo Valente.

            Este ano, mais de 2 bilhões de pessoas não só no Brasil como em mais de 100 países mundo afora acompanharam os desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro, incluindo o da Vila Isabel, que levou para a Marquês de Sapucaí a história de Petrópolis e conquistou o 3º lugar no Carnaval carioca. A divulgação espontânea da cidade – sem a aplicação de dinheiro público – pode trazer reflexos positivos para o Turismo, o que fortalece a economia do município.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.