Petrópolis terá “Dia D” para inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Realizado anualmente desde 2014, o “Dia D” de Inclusão é dedicado à inserção de pessoas com deficiência e reabilitados pelo INSS no mercado de trabalho. Em Petrópolis, Região Serrana do Rio, o “Dia D” será realizado dia 10 de setembro, de 9 às 16 horas, na Universidade Católica de Petrópolis, na Rua Benjamin Constant, nº 213 – Centro.

Segundo Alex Leite Brandão, Gerente Regional do Trabalho, 15 empresas já foram confirmadas e a expectativa é aumentar este número. 

– O “Dia D” é uma ferramenta de grande importância para orientação e empregabilidade da pessoa com deficiência. Este ano, já temos confirmados a GE Celma, UCP, Armazém do Grão, Terê Frutas, Cervejaria Petrópolis (Itaipava), Cervejaria Cidade Imperial, Hospital Santa Teresa, SMH, Hospital Unimed, CIEE, Carl Zeiss, Editora Vozes, Braziline, Setranspetro, Sanatório Oswaldo Cruz, entre outras. Muitas empresas têm dificuldades para cumprir a Lei e admitir pessoas com deficiência dentro das necessidades de cada setor. Esta é uma grande oportunidade para quem precisa trabalhar e para quem deve empregar – afirma Alex Leite Brandão.

Para Marcelo da Silveira – Pró Deficiente (PSB), presidente da Comissão de Defesa das Pessoas com Deficiência e do Idoso da Câmara de Vereadores, é preciso destacar que o beneficiário do Benefício de Prestação Continuada, desde 2011, pode ingressar no mercado do trabalho tendo suspenso o BPC, ou seja, sem perder o benefício. 

– Ao começar a trabalhar com carteira assinada ou atividade remunerada, quem recebe o BPC deve comparecer a uma Agência da Previdência Social (INSS) e solicitar a suspensão em caráter especial do BPC. Em caso de perda do emprego ou fim da atividade remunerada, basta ir à agência do INSS e comprovar que não está mais trabalhando ou que encerrou o período de recebimento do seguro desemprego. Com isso, o benefício é reativado normalmente, sem a necessidade de fazer nova requisição nem passar pelas avaliações médica e social do INSS – frisa o vereador, lembrando que existe um pedido de prioridade pela Regional do Trabalho para atendimento de PCD’s que precisem reativar o benefício junto ao INSS.

Empresas que quiserem participar do “Dia D” podem procurar a Gerência Regional do Trabalho, na Rua São Pedro de Alcântara, 63 – Centro. 2 anexos

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.