Petrópolis registra mais de 10 mil infrações de trânsito em cinco meses

Quase 43% dos registros são provenientes do estacionamento irregular de veículos
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

As infrações de trânsito cometidas pelos motoristas em Petrópolis, já ultrapassaram a marca dos 10 mil registros, em apenas cinco meses. De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran), do total de ocorrências registradas de janeiro a maio deste ano no município, quase 43% são provenientes do estacionamento irregular de veículos.

Somente este ano, já foram contabilizadas 10.752 infrações, das quais 4.593 são por estacionamento indevido. Na manhã desta segunda-feira (13), um pedestre flagrou um automóvel particular estacionado de forma irregular na Rua Buenos Aires, no Centro, impedindo a passagem das pessoas pela calçada.

Se em pleno Centro Histórico é comum ver o estacionamento irregular de veículos, nos bairros, os problemas são ainda maiores. Por muitas vezes, o excesso de automóveis estacionados pelas ruas ou calçadas, dificulta a passagem de dois veículos em uma mesma rua, causando trânsito e transtornos.

“Sabemos que o número de veículos na cidade cresce a todo o momento. Entretanto, é necessário que a população seja consciente quanto às regras de trânsito e também hajam com responsabilidade, sempre pensando no próximo”, disse um motorista que preferiu não ter a identidade revelada.

Ainda segundo o Detran, o número atual de veículos em Petrópolis é de 177.749, o que equivale a um veículo a cada 1,7 habitantes. “Sem sombra de dúvidas, é um número elevado e tal crescimento é um fator importante na constatação de tantas infrações”.

Em nota, a prefeitura informou que o processo de licitação para a contratação de novo sistema de reboque está em andamento.

“A CPTrans reforçou as ações no combate ao estacionamento irregular. O processo de licitação para a contratação de novo sistema de reboque está em andamento e as equipes também estão promovendo rondas diárias para coibir a infração. Vale lembrar que as irregularidades devem ser denunciadas à CPTrans, para que possa atuar no momento da infração e fazer o flagrante. Denúncias podem ser feitas pelo 156 – 2237-1703 ligação e serviços gratuitos. Estacionar em local proibido está sujeito a multa grave de R$ 195,23 – no caso de ser em vagas para idosos e deficientes, o infrator deve desembolsar R$ 293,47, multa gravíssima e que rende sete pontos na carteira.”

 

 

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.