Petrópolis recebe vacinas contra gripe e Covid-19 do Governo Estadual

As campanhas de vacinação contra as duas doenças estão sendo realizadas separadamente.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Secretaria de Estado de Saúde (SES), por meio da Subsecretaria de Vigilância em Saúde (SVS), realiza, nesta segunda-feira (12) e terça-feira (13), a entrega de 555.600 doses de vacina contra gripe (influenza) aos 92 municípios do estado. Também serão distribuídas 158.250 doses da vacina Oxford/Astrazeneca contra a Covid-19.


As cidades do Rio, Niterói, São Gonçalo e Maricá retiraram as doses em caminhões e vans, na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) da SES, em Niterói. Já para Petrópolis e os outros 87 municípios, a distribuição é realizada por seis helicópteros, sendo dois do Governo do Estado, um da Secretaria de Estado de Polícia Civil, dois do Corpo de Bombeiros e um da Secretaria de Estado de Polícia Militar. As aeronaves vão transportar 72.440 doses de Oxford/AstraZeneca e 264.300 doses contra a gripe.


A expectativa é que sejam imunizadas 6,8 milhões de pessoas no estado, o que corresponde a 90% dos grupos prioritários.

A vacinação ocorre em três etapas


Na primeira, até 10 de maio, serão os trabalhadores da saúde, indígenas, crianças de 6 meses a menores de seis anos, gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz há pouco tempo.


De 11 de maio a 8 de junho, será a vez de pessoas com mais de 60 anos e professores.


A última fase, entre 9 de junho e 9 de julho, é destinada a pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, portuárias, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, agentes penitenciários e do Degase, presidiários e adolescentes que cumprem medidas socioeducativas.

Intervalo de 15 dias


O médico sanitarista da SES Alexandre Chieppe explica que a pessoa que teve Covid-19 pode se vacinar contra influenza.
“São duas doenças completamente diferentes. O único cuidado é para que os dois imunizantes não sejam aplicados de forma simultânea. Foi definido em âmbito nacional que a vacina prioritária, neste momento, é a contra Covid, mas é necessário aguardar 15 dias entre a aplicação de uma e outra”, afirmou.

Oxford/Astrazeneca


A Secretaria de Estado de Saúde recebeu do Ministério da Saúde, na última sexta-feira (09), 185.250 doses para a primeira aplicação da vacina Oxford/AstraZeneca contra Covid-19. Os municípios do Rio, Niterói, São Gonçalo e Maricá retiraram 85.810 doses do imunizante no último sábado (10), na CGA, em Niterói.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.