Petrópolis | Prefeitura recupera usina de asfalto e inicia tapa-buracos em quatro regiões

Além da reativação da usina de asfalto frio, o governo municipal trabalha para licitar 1 mil toneladas de asfalto quente e ampliar o atendimento às vias.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O governo municipal recuperou de forma emergencial a usina de asfalto frio do Quissamã, que passou a operar com 36 toneladas e três equipes para atender as regiões mais afetadas pelas chuvas das últimas semanas. O atual governo, que assumiu há duas semanas, encontrou a usina desativada. Também não havia contrato para as operações tapa-buracos, o que dificultou o trabalho de recuperação pós-chuvas.

“A cidade tem problemas de manutenção que se agravaram em função das chuvas. Sem contrato e sem a usina, foi preciso um esforço para conseguir regularizar a situação e atender as demandas que chegavam das comunidades. Agora, nossas equipes já estão nas ruas e trazendo melhorias a quatro bairros”, explicou o prefeito Rubens Bomtempo.

O vice-prefeito e secretário de Obras, Paulo Mustrangi, explicou que havia apenas uma parte residual de asfalto oriunda do último contrato de manutenção, o que possibilitou algumas ações, mas limitou muito o raio de ação do município.

“Nesta primeira semana, trabalhamos com um pouco de material, que só permitiu pequenos reparos, mas nos esforçamos para resolver esta situação o mais rápido possível e conseguir atender aos cidadãos com melhorias na infraestrutura”, explicou Mustrangi.

Além da reativação da usina de asfalto frio, o governo municipal trabalha para licitar 1 mil toneladas de asfalto quente e ampliar o atendimento às vias.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.