Foto: Drone Giro Serra

Petrópolis pode ter cadastro de pessoas desaparecidas

O objetivo é dar agilidade e efetividade na localização de pessoas que tenham desaparecido nos limites do território municipal, por meio de cadastro prévio.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Câmara Municipal aprovou, nesta quarta-feira (04), o Projeto de Lei de autoria do vereador Eduardo do Blog (REP), que dispõe sobre a criação do cadastro municipal de pessoas desaparecidas.

Segundo o vereador, o objetivo é dar agilidade e efetividade na localização de pessoas que tenham desaparecido nos limites do território municipal, por meio de cadastro prévio. “Só quem já teve algum conhecido ou parente desaparecido sabe o desespero que é. A incerteza sobre o paradeiro ou a falta de notícias pode ser uma das maiores dores de uma família” argumenta.

Somente no primeiro semestre de 2021, 35 pessoas desapareceram em Petrópolis, número superior se comparado com o mesmo período do ano passado, quando 28 pessoas desapareceram. Dados do Instituto de Segurança Pública mostram que, entre junho de 2017 e junho de 2018, foram registrados 70 casos de pessoas desaparecidas na cidade.

O projeto segue para apreciação do Executivo.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.