Petrópolis não terá aprovação ou reprovação nas escolas do município em 2020

Sistema de "progressão continuada" será utilizado na cidade em 2021.

A Prefeitura de Petrópolis informou nesta quinta-feira (17) que, devido a pandemia de Covid-19 que trouxe muitas mudanças no sistema de ensino, não haverá reprovação ou aprovação na rede municipal de ensino no ano de 2020. A prefeitura ainda avisa, que orientou suas atitudes a partir de pareceres e documentos federais e estaduais, além de evidências nacionais e internacionais.

No lugar das tradicionais aprovações e reprovações, haverá o sistema de “progressão continuada” gerando um ciclo único nos anos de 2020 e 2021. Tudo que foi iniciado em 2020 será continuado e reestruturado em 2021, identificando lacunas deixadas e observando fragilidades dos alunos.

CONFIRA O COMUNICADO OFICIAL DA PREFEITURA NA ÍNTEGRA:

“A crise da Covid-19 trouxe uma série de inesperados desafios a todas as redes de ensino. Decisões importantes precisaram ser tomadas neste contexto e a Secretaria orientou suas decisões a partir de pareceres e documentos federais e estaduais bem como em  evidências nacionais e internacionais. Desta forma não teremos excepcionalmente neste ano contexto de aprovação e reprovação e sim uma progressão continuada possibilitada pela junção em um ciclo único dos anos de 2020/2021.

As aprendizagens iniciadas este ano serão contínuas e reestruturadas em 2021 objetivando identificar as fragilidades dos alunos e recuperar as lacunas de 2020.

Vale acrescentar que a Secretaria de Educação encaminhou orientações para todas as Unidades e realizou reuniões para sanar dúvidas sobre possíveis divergências de interpretações com relação ao ciclo.

No caso da Educação de Jovens e Adultos, todos os alunos estão em situação de “progressão continuada”. O EJA semestral não aconteceu, já que, devido a pandemia, não houve tempo suficiente para terminar o 1° semestre. Vamos continuar com as horas letivas, no segundo semestre. Com relação ao calendário 2021 da EJA, a Secretaria aguarda a deliberação do documento pelo Conselho Municipal de Educação, o que deverá ocorrer em 2021, na primeira reunião ordinária.”

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também