Petrópolis | Dois homicídios nessa terça-feira (28) levantam suspeita de disputa pelo tráfico de drogas da cidade

Dois homicídios ocorreram em diferentes regiões de Petrópolis: Valparaíso e Independência.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A noite desta terça-feira (28) foi marcada por pelos menos dois homicídios em diferentes regiões de Petrópolis: Valparaíso e Independência. Em ambos os casos, as vítimas foram executadas a tiros. A Polícia Civil investiga os crimes, que podem ter ligação com a disputa pelo tráfico de drogas.

O primeiro foi registrado na Rua Leonor Maia, no bairro Independência, no início da noite de terça. Um homem, de 26 anos, foi executado a tiros na casa de parentes. Ele chegou a ser socorrido e levado para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Centro, mas não resistiu e morreu na unidade de saúde.

De acordo com a polícia, o assassinato pode ter ligação com a disputa pelo tráfico de drogas, já que a vítima fazia parte de uma facção criminosa, rival de outra que é integrada pelos suspeitos do crime.

Ainda de acordo com os oficiais, um deles foi preso na Avenida Amaral Peixoto, no Quitandinha, momentos depois do crime. Ele tentou fugir, mas foi capturado após um cerco ser montado na região. O carro, modelo Fiat Punto, passou por perícia pela Polícia Civil, que encontrou uma munição deflagrada e outra intacta.

Também na noite desta terça-feira, desta vez no Valparaíso, outro rapaz, ainda não identificado, foi encontrado morto em uma área de mata na Rua Lopes de Castro. Segundo a PM, o corpo apresentava sinais de violência com perfurações de arma de fogo na cabeça.

A vítima foi achada por populares, que acionaram a polícia. Ele estava desaparecido desde domingo (26), quando saiu de casa e não retornou. Após o local passar por exame pericial, o cadáver foi removido para o Instituto Médico Legal, em Corrêas.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.