Foto: Reprodução

Pesquisa aponta que 78% dos consumidores pretendem pagar o presente de Dia dos Pais à vista

Economista destaca que pagamento em PIX ou dinheiro dá possibilidade de bons descontos e fala sobre os perigos do uso do cartão de crédito
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Uma pesquisa realizada no início de agosto pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), afirma que o Dia dos Pais deve movimentar mais de R$ 24 bilhões na economia brasileira. Os dados mostram que a maioria dos consumidores (78%) pretende pagar o presente à vista: 29% por meio de PIX, 25% com dinheiro, e 24% com cartão de débito.

O economista e professor da Estácio, Eduardo Amendola, destaca que o pagamento à vista, principalmente utilizando dinheiro ou PIX, costuma proporcionar grandes descontos em relação ao pagamento parcelado.

Economista e professor da Estácio, Eduardo Amendola – Foto: Divulgação

– Neste Dia dos Pais, a redução no preço pode chegar a 15% em eletroeletrônicos, como notebooks e celulares, e até 40% em perfumes e relógios, por exemplo. Então, para aqueles que puderem pagar à vista será um grande negócio. Mesmo se for necessário utilizar recursos de uma aplicação financeira para realizar a compra à vista ainda é um bom negócio, contudo, é necessário reaplicar as parcelas que seriam pagas no presente do seu pai na aplicação financeira.

Para quem precisar utilizar o cartão de crédito na compra do presente, Amendola chama a atenção para a importância do planejamento e indica evitar o comprometimento de mais do que 30% da renda futura com o parcelamento das compras.

– Os filhos precisam entender que o melhor presente para o seu pai é sua saúde, incluindo a financeira, lembra o mestre em Economia.

As dicas valem especialmente a quem já está endividado. A pesquisa da CNDL e do SPC Brasil mostrou ainda que 59% dos consumidores entrevistados, que têm contas atrasadas e pretendem, mesmo assim, presentear no Dia dos Pais, também estão com o nome sujo atualmente, ou seja, estão com o nome apontado ou negativado nas listas dos órgãos de proteção ao crédito.

Apesar de ser expressivo o número de movimentação na economia por conta da data, a pesquisa aponta que o consumidor está cauteloso para os gastos: 8 em cada 10 brasileiros (78%) pretendem pesquisar preços para economizar antes de fazer as compras.

– Pesquisar preços sempre foi a melhor estratégia dos consumidores para conseguir barganhar e estimular a concorrência entre os lojistas. Nos dias atuais, diversas plataformas fazem pesquisa de preço dos produtos e ainda podemos visualizar a avaliação de usuários reais. Assim, a cotação é fundamental para conseguir um bom presente para o seu pai. Lembre-se de incluir nas comparações todos os descontos e custos, alguns bens poderão ser comprados com cupons ou cashback; já os produtos do e-commerce, em geral, são acrescidos do custo do frete, e todos esses detalhes devem ser levados em conta, afirma o docente da Estácio.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.