Paulo Maluf se entrega à Polícia Federal em São Paulo

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Por Karenina Moss

Às 8:54 desta quarta-feira (20), o deputado federal Paulo Maluf (PP) se entregou à Polícia Federal. A medida é um cumprimento à decisão do ministro Edson Fachin, do Supermo Tribunal Federal, que determinou a prisão do político em regime fechado.

A pena, de 7 anos, 9 meses e 10 dias, foi imposta após a investigação por supostos desvios de obras públicas durante sua gestão na Prefeitura de São Paulo, entre 1993 e 1996, além de remessas ilegais ao exterior por meio de doleiros. O Supremo também determinou que o deputado do PP não deverá mais exercer o cargo, além de pagar uma multa por lavagem de dinheiro.

O minstro Fachin não aceitou o recurso apresentado pela defesa de Maluf em maio deste ano. Em outubro, a primeira Turma do STF também rejeitou, por 4 votos a 1, o recurso do deputado. Os ministros Edson Fachin (relator do caso), Luiz Fux, Rosa Weber e Luís Roberto Barroso votaram por manter a condenação. Marco Aurélio Mello foi o único que votou à favor de Maluf.

 

Fonte: Agência do Rádio Brasileiro

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.