A Patrulha Ambiental da Prefeitura do Rio resgatou, nesta terça-feira, dia 4, preguiça encontrada por pedestres na Avenida Alfredo Balthazar da Silveira, no Recreio, na Zona Oeste. O local fica próximo ao Parque de Marapendi, na altura do Canal das Taxas, onde está a base da Patrulha. O resgate foi feito e o animal já está de volta ao parque, seu habitat natural. Se permanecesse na via, a preguiça corria o risco de ser atropelada.

A equipe também realizou o resgate de um gambá em uma creche localizada na Barra da Tijuca, após chamado pela Central 1746. O animal foi encontrado na cozinha da unidade escolar e os profissionais isolaram a área com um cesto até a chegada dos agentes. O aparecimento do gambá movimentou a creche. Depois do resgate, professores e alunos pediram aos guardas para fazerem fotos com o animal. Ele também foi solto em seu habitat.

Os gambás são os animais mais resgatados pelas equipes da Patrulha Ambiental na cidade. Somente neste ano, de janeiro a julho, guardas municipais do Grupamento de Defesa Ambiental e fiscais da Secretaria Municipal de Conservação e Meio Ambiente resgataram 301 gambás, o que corresponde a mais de 40 % do total de 678 animais encontrados pelos agentes em situação de risco ou fora de seu habitat. Em segundo lugar vem os micos, com 48 registros, e os gaviões, com 38 resgates.

A Guarda Municipal orienta a população a acionar a Patrulha Ambiental ao flagrar animais silvestres em área urbana na cidade do Rio ou em qualquer situação de risco fora do seu habitat, para um resgate seguro. Os agentes podem ser acionados por meio do telefone 1746, da Prefeitura do Rio, que funciona 24h.

Fonte: Guarda Municipal do Rio de Janeiro

Crédito da foto: Divulgação / GM-Rio