Foto: Divulgação

Pássaros são resgatados de cativeiro em Duque de Caxias

Os pássaros foram levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) onde serão devolvidos ao habitat natural após tratamento.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Dez aves foram resgatadas de cativeiro neste segunda-feira (18) em Duque de Caxias, na baixada fluminense, após policiais lotados na Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual da Pedra Branca terem recebido denúncia encaminhada pelo programa Linha Verde (0300 253 1177), o Disque Denúncia do Meio Ambiente.

De acordo com os agentes, em cumprimento a ordem de policiamento a fim de averiguar as informações, procederam à Rua Projetada B, no bairro Vila Santa Cruz, onde no local citado na denúncia, identificaram o acusado na varanda da residência, onde havia diversas gaiolas penduradas com nove pássaros diversos e uma maritaca. A equipe da 1ª UPAm questionou o mesmo acerca das licenças necessárias, mas o mesmo informou não as possuir, sendo então encaminhado à 62ª DP para o registro de ocorrência. Ainda segundo os agentes, os pássaros foram levados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) onde serão devolvidos ao habitat natural após tratamento. Somente no ano de 2021, o programa Linha Verde já recebeu mais de 12 mil denúncias sobre crimes ambientais em todo o Estado, sendo que em pelo menos 829 denúncias citavam “guarda e comércio de animais silvestres”.

O Linha Verde reforça a solicitação para que a população continue denunciando crimes ambientais em todo o Estado do Rio através dos telefones 0300 253 1177 (custo de ligação local) e (21) 2253 1177, além do APP “Disque Denúncia RJ” disponível para celulares. Por essa modalidade, o denunciante pode enviar fotos e vídeos, com a garantia do anonimato. É possível denunciar também através da página do Linha Verde no facebook, www.facebook.com/linhaverdedd ou ainda pelo site do Disque Denúncia (www.disquedenuncia.org.br). Lembrando que em todos os canais, o anonimato é garantido ao denunciante.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.