Passagens de ônibus, trem e metrô sobem para R$ 4 em São Paulo Valor foi anunciado oficialmente nesta quinta-feira (28) e o aumento será efetivado no dia 7 de janeiro

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O governo do estado e a Prefeitura de São Paulo anunciaram nesta quinta-feira (28), por meio de nota à imprensa, que a tarifa básica do transporte público coletivo por ônibus, trens e metrô passará dos atuais R$ 3,80 para R$ 4,00 a partir de 7 de janeiro.

De acordo com o comunicado, a alegação para o reajuste na tarifa dos transportes é que há “necessidade para adequar a receita ao custo dos sistemas”.

“A alteração em 5,26% está abaixo da inflação acumulada desde o último reajuste, em janeiro de 2016. Nos últimos dois anos, o índice foi de 8,36%, de acordo com o IPC-Fipe”, diz um trecho do comunicado.

Confira as tarifas que terão alteração:
Tarifa do Metrô: de R$ 3,80 para R$ 4,00
Tarifa da CPTM: de R$ 3,80 para R$ 4,00
Tarifa dos ônibus municipais (SPTrans): de R$ 3,80 para R$ 4,00
Integração ônibus + trens (Metrô/CPTM): de R$ 6,80 para R$ 6,96
Bilhete Diário comum (24 horas): de R$ 15,00 para R$ 15,30
Bilhete Diário integrado (24 horas): de R$ 20,00 para R$ 20,50
Bilhete Mensal comum: de R$ 190,00 para R$ 194,30
Bilhete Mensal integrado: de R$ 300,00 para R$ 307,00

Os passageiros que carregarem seus bilhetes até as 23h59 do dia 6 de janeiro poderão viajar com o valor da tarifa antiga, até o crédito se esgotar (máximo de R$ 300 por dia e R$ 350 acumulados no cartão).

Os detalhes constam em planilha tarifária entregue nesta quinta-feira à Câmara Municipal e que também será publicada no Diário Oficial.

Bilhetes Mensal e Diário
As modalidades temporais de crédito Mensal ou Diário também terão seus valores reajustados a partir do dia 7.

O Bilhete Mensal, somente ônibus ou somente trilhos, passa para R$ 194,30, enquanto o valor do Bilhete Mensal integrado entre ônibus e trens será de R$ 307,00. Já o Bilhete Diário passa para R$ 15,30 somente ônibus ou R$ 20,50 integrado entre os modais.

Os passageiros que comprarem seus créditos temporais antes da data do reajuste também poderão continuar utilizando o bilhete normalmente com os valores atuais.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.