Parte da pista sentido Centro da Barão do Rio Branco pode ser fechada para o Circuito de Lazer A ideia é fechar o trecho entre o Quarteirão Brasileiro e a Casa de Educação Visconde de Mauá, estendendo o circuito a partir dali até a entrada das Duchas.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O presidente da Câmara Municipal de Petrópolis, vereador Hingo Hammes, deve receber num prazo máximo de 15 dias estudo de viabilidade que pode abrir caminho para a transferência do Circuito de Lazer da Avenida Barão do Rio Branco para a pista sentido centro da via. A ideia é fechar o trecho entre o Quarteirão Brasileiro e a Casa de Educação Visconde de Mauá, estendendo o circuito a partir dali até a entrada das Duchas. A avaliação foi pedida pelo vereador após um acidente que deixou duas pessoas feridas na área de lazer, no dia 26.

A proposta de mudança já foi apresentada à Prefeitura e prevê a utilização de toda a pista para o circuito, acabando com o compartilhamento da rua com os veículos. “O Circuito de Lazer é um espaço consolidado e não há qualquer possibilidade de o projeto ser extinto. Quero apenas buscar alternativas que garantam mais segurança a quem utiliza o espaço. Estamos cobrando uma maior fiscalização, mas sabemos que isso minimiza os riscos, mas não impede acidentes como o que aconteceu no dia 26. O melhor seria encontrarmos uma via que possa ser fechada para as atividades, onde as pessoas possam ter mais tranquilidade”, explicou o vereador.

Na última sexta-feira, Hingo Hammes, acompanhado do superintendente de Esportes e Lazer, Leandro Kronemberg, esteve com técnicos da área e uma engenheira de tráfego na Barão do Rio Branco, a fim de verificar a possibilidade da operação da pista sentido Retiro em mão dupla durante o período de funcionamento do circuito. “Estamos estudando esta questão, checando a operação dos ônibus e reiterando a necessidade de fiscalização ao longo de toda a via. A princípio, a mudança é viável. Ainda vamos conversar com moradores do trecho que queremos fechar porque sabemos que eles precisam conseguir entrar e sair de casa. Nossa intenção é encontrar soluções. Se o estudo confirmar a viabilidade da mudança, vamos dar andamento à ideia, conversando com as pessoas e iniciando uma fase de testes”, antecipou.

O vereador lembrou da importância do Circuito de Lazer para os petropolitanos. “Este espaço se consolidou como uma das principais áreas para caminhada e corridas. Fica sempre movimentado aos domingos e feriados. Acredito que, com a mudança, pessoas que hoje não frequentam o circuito por conta da preocupação com a segurança passarão a também utilizar o espaço. É importante que todos lembrem que este foi um espaço criado para a população, desejado por ela. Juntos, vamos encontrar uma solução para a questão, garantindo a manutenção desta conquista e assegurando um ambiente mais seguro para as famílias”, finalizou.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.