Créditos: Liquid Death

Parece que alguém levou a expressão “dar o sangue” ao pé da letra… Empresa produz skates com sangue de Tony Hawk

O atleta doou seu sangue como parte de uma colaboração para produzir 100 skates, que já se esgotaram.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Os atletas podem estar acostumados a falar coisas como “dar o sangue” nos esportes, mas o lendário skatista Tony Hawk parece que levou a expressão “ao pé da letra”. O atleta doou seu sangue como parte de uma colaboração com a empresa de água Liquid Death para produzir 100 skates, que já se esgotaram.

“Sim, há realmente sangue de @tonyhawk nesses skates. E sim, nós esterilizamos primeiro. Tenha seu próprio pedaço do Homem-Pássaro hoje”, disse a empresa em um post nas redes sociais.

“Embora possa indiscutivelmente tornar o mundo um lugar melhor, nunca use essas placas para fazer clones de Tony Hawk.”

Um vídeo publicado pela marca mostra a estrela, que é um embaixador da marca Liquid Death, tendo um frasco de sangue removido que é então misturado com uma lata de tinta vermelha usada para fazer as placas.

“Sempre leia as letras miúdas! Obrigado @liquiddeath por esta rara oportunidade, mas tenha cuidado com minha força vital”, escreveu Hawk. “Ansioso por nossas futuras ‘colaborações’, desde que não envolvam replicantes,” acrescentou.

As pranchas serigrafadas são feitas no sul da Califórnia e os compradores receberão um certificado de autenticidade, de acordo com o site Liquid Death.

A empresa disse que vai doar 10% dos lucros das pranchas para instituições de caridade 5Gyres, que trabalha para reduzir a poluição do plástico nos oceanos, e The Skatepark Project, que constrói pistas de skate em comunidades carentes.

Este não é o primeiro produto endossado por celebridades a fazer uso de sangue humano.

Em março, o rapper e cantor Lil Nas X lançou um polêmico par de “Sapatos de Satanás” com um pentagrama de bronze, uma cruz invertida e uma gota de sangue humano real. Eles se esgotaram quase imediatamente e geraram diversas críticas on-line.

Os tênis pretos e vermelhos, parte de uma colaboração entre o cantor e o coletivo de arte MSCHF de Nova York, foram feitos usando Nike Air Max 97s. No entanto, a Nike processou a MSCHF e mais tarde fez um acordo.

O dono do hit “Old Town Road” comentou sobre os skates de Hawk no Twitter na quarta-feira. “Agora que o Tony Hawk lançou skates com seu sangue pintado neles, e não houve indignação pública, vocês estão prontos para admitir que nunca ficaram realmente chateados com o sangue nos sapatos? E talvez vocês estivessem loucos por algum outro motivo? “, escreveu ele.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.