O Papai Noel subiu em seu trenzinho e percorreu mais uma vez a Rua do Imperador no segundo desfile da Parada Iluminada, na noite deste domingo (17.12). Acompanhado de fadas, duendes, anjos, além de diversos outros personagens que contam a história do Natal, o “bom velhinho” fechou mais um desfile de sucesso, que faz parte da programação do Natal Imperial deste ano. A principal rua do Centro Histórico esteve lotada, com pessoas emocionadas durante todo o percurso. Quem não conseguiu assistir o evento ainda terá uma última chance, no próximo sábado (23.12), às 21h.

A trilha sonora especial, os cerca de 300 figurantes e as quatro alegorias do desfile, além de toda iluminação, fizeram crianças e adultos viajarem para o mundo mágico do Natal. A animação dos desfilantes, que cantavam e dançavam, contagiou o público e o que se via eram pessoas encantadas. “A Parada Iluminada é um dos pontos altos da festa. Queríamos, com ela, despertar no público essa magia que só o Natal é capaz de trazer. E conseguimos. As pessoas gostaram tanto que precisamos criar um desfile extra para sábado”, explica o diretor-presidente do Instituto Municipal de Cultura e Esportes, Leonardo Randolfo.

O desfile começa próximo ao prédio dos Correios e termina na altura da da Rua Alencar Lima. Todo lado par da Rua do Imperador ficou lotado de pessoas ansiosas para que o desfile começasse. Algumas já tinham visto a primeira Parada, no dia 3 de dezembro, e voltaram. Outras assistiam pela primeira vez. Mas o consenso geral, entre turistas e moradores, era de que o desfile foi um sucesso. O fiscal Roberto Sá, morador de Petrópolis, disse ter ficado maravilhado com o desfile e com todo o Natal na cidade. “Gostei muito, o desfile foi maravilhoso, não pode ter só este ano, tem que continuar todos os anos. A alegria das pessoas que estavam desfilando me contagiou. Petrópolis precisava disso, o povo precisa dessa alegria”, disse ele.

São mais de 10 alas em um desfile que dura cerca de 50 minutos, divido em quatro partes que representam tanto a tradição do Natal, com o verdadeiro espírito religioso da festa, quanto o mundo de fantasias, com papais e mamães noeis, fadas, gnomos e duendes. Desta vez, quem abriu o evento foi a Banda Imperial Petropolitana. O analista de contas Guilherme Ribeiro, que participou do desfile na ala que representava a festa de Natal, disse ter adorado a experiência. “Essa é a primeira vez que desfilo e com certeza vou participar no ano que vem. A alegria do público, o olhar das crianças, contagiam a gente”, frisa ele.

No próximo sábado (23.12), a magia de Natal volta a percorrer a Rua do Imperador, no desfile extra às 21h. O horário foi escolhido para não prejudicar o comércio.