Foto: Divulgação/Enel

Operação Energia Legal da Enel identifica 595 furtos de energia em Teresópolis

Foram realizados 6 registros de ocorrência policial e 3 prisões em flagrante pela Polícia por furto de energia.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A operação Energia Legal, realizada pela Enel Distribuição Rio em conjunto com a Polícia Civil na semana passada, em Teresópolis, identificou 595 irregularidades na medição de energia de estabelecimentos comerciais e residenciais. Três pessoas foram presas em flagrante por furto de energia em estabelecimentos comerciais de diferentes segmentos. Além das prisões, a operação levou ao registro de 6 ocorrências policiais relacionadas a fraudes no consumo de energia, como ligações diretas na rede sem passar pelo medidor. O proprietário de uma residência de grande porte fugiu durante a operação. Houve perseguição mata adentro, mas a prisão foi impedida por cães de guarda que estavam em uma casa onde o cliente se abrigou para fugir dos policiais.  

Durante a operação, a distribuidora ofereceu atendimento móvel a 62 clientes do município, que puderam solicitar vários serviços, como segunda via de conta, troca de titularidade e parcelamentos de dívidas. A unidade móvel da Enel Rio tem por objetivo facilitar o acesso dos clientes aos serviços. Nesta edição, a companhia também efetuou a troca de 41 geladeiras de moradores da cidade por modelos mais eficientes. No total, 162 pessoas se inscreveram para serem contempladas na iniciativa.    

Com a intenção de combater irregularidades e furtos, a operação está em sua 28ª edição e, até o momento, já identificou furto de energia em 12.690 clientes, sendo 11.759 residências e931 comércios nas 20 cidades por onde passou desde o fim de 2019. “O trabalho integrado entre as diversas áreas da empresa, em conjunto com a Polícia Civil, promove resultados muito relevantes no combate ao furto de energia. Minimizar este tipo de ocorrência em nossa área de concessão, assim como os bons resultados operacionais, benefícia tanto a companhia quanto os clientes”, afirmou Ricardo Lima, responsável por Operações de Perdas da Enel Rio.  

Consumo consciente de energia     

Ao longo da ação, a Enel Distribuição Rio também disponibilizou dicas de segurança e de consumo consciente de energia a 222 pessoas por meio de palestras educativas e realizou troca de 128 lâmpadas por modelos LED, mais eficientes. Além disso, a distribuidora ofereceu informações e atendimento para o cadastro na Tarifa Social de Energia Elétrica (Baixa Renda), programa do Governo Federal que oferece descontos na conta de energia de até 65% em relação à tarifa residencial convencional.   

E, para aumentar a conscientização, durante a operação, a Enel Rio realizou o projeto Colorindo com Energia, que levou artistas ao Centro Educacional Roger Malhardes, no bairro São Pedro, para produzir artes no muro da escola que remetem ao combate do furto de energia e à segurança com a rede de energia.   

Combate ao furto de energia       

Além de ser crime, com pena prevista de até oito anos de reclusão, as ligações irregulares impactam negativamente a qualidade do serviço prestado, prejudicando todos os consumidores da concessionária com maior número de interrupções e, por vezes, dificultam o restabelecimento da energia elétrica. Estima-se que se não houvesse furto de energia, as tarifas de todos os clientes da Enel Rio poderiam ser reduzidas em cerca de 5%.   

Adotar a prática popularmente conhecida como “gato” traz sérios riscos para quem faz o ato e para a população de forma geral. Manipular um medidor de energia sem habilitação, ou fazer ligação direta na rede elétrica pode gerar choques e acidentes graves, que pode, inclusive, ser fatais. Quem quiser denunciar furto de energia, deve fazer isso pelo site da Enel https://www.enel.com.br/, pelo aplicativo da Enel Rio ou ligando para 0800 280 0120. Não é necessário se identificar.  

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.