Equipes da prefeitura – 120 homens divididos entre limpeza, assistência a desabrigados e para desobstrução das vias – permanecem no distrito da Posse, região atingida por forte chuva entre a madrugada de quarta-feira (07.03) e manhã de quinta (08.03). A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias registrou 27 ocorrências. Em campo, no entanto, os técnicos fizeram 69 atendimentos, entre os quais vistorias preventivas. Onze casas precisaram ser interditadas. Atuam, neste momento, além da Defesa Civil, homens das secretarias de Obras, Serviços, Segurança e Ordem Pública (SSOP), Comdep, Saúde e da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), assim como Assistência Social, que apoiando até o momento,21 famílias desalojadas e outras três desabrigadas em consequência das chuvas no distrito.

A Estrada Silveira da Motta e Rua Noêmia Alves Rattes já foram liberadas para o trânsito, que está parcial na Estrada do Brejal. Equipes da Comdep e Secretaria de Obras seguem no local realizando a limpeza da via.Seguem interditadas aEstrada União e Indústria, na altura da Jacuba, onde houve dois rolamentos de blocos rochosos, e a Rua Nossa Senhora de Fátima por causa do risco de novos deslizamentos.Cerca de 80 homens trabalham na desobstrução das ruas, sinalização do trânsito e orientação dos motoristas.

Assistência Social segue atendendo as famílias no CRAS da Posse
A equipe de técnicos da Assistência mantém o atendimento às famílias no CRAS da Posse, nesta sexta-feira (09.03), onde está ocorrendo o cadastramento dos moradores que tiveram as casas atingidas e providenciando a assistência emergencial com fornecimento de roupa de cama, água e cesta básica. Por orientação da Secretaria de Assistência Social, as famílias estão sendo encaminhadas para casas de parentes ou amigos.

Todos os itens doados pela Secretaria fazem parte de um estoque prévio,adquiridos pela prefeitura para distribuição para as famílias, e fazem parte do Plano de Contingência do município no caso de desastres naturais.

A Secretaria de Assistência Social, através do CRAS da Posse, pode indicaras famílias que estão precisando de doações às entidades, como é o caso da Cruz Vermelha, que está promovendo uma campanha junto à população.

Neste momento, a Defesa Civil está em estágio de atenção, já que a chuva permanece em algumas regiões da cidade e existe a previsão de chuva permanente ao longo do dia. A secretaria orienta a população a ter atenção em função dos acumulados que deixam o solo encharcado. Nas últimas 48 horas, o índice pluviométrico acumulado na Posse foi de 138 milímetros.

Nove ônibus atendem a Posse pela BR-040
Subiu para nove o número de ônibus que estão operando entre a Posse e o Terminal de Itaipava. A linha 711 está desde o início da tarde desta quinta-feira (08.03) fazendo o itinerário passando por Areal. A medida ocorre por determinação da CPTrans, como alternativa aos acessos que estão bloqueados e que impedem a passagem de veículos pela Estrada União e Indústria.

Para a operação, todos os coletivos que saem do terminal com destino à Posse seguem pela União e Indústria até chegarem em Pedro do Rio para acessar a BR-040 e seguir viagem até o município de Areal, quando retornam para a Posse pela União e Indústria. Para a volta ao Terminal Itaipava, os ônibus estão fazendo o mesmo itinerário no sentido inverso.

As linhas executivas 70 (Posse-Gaby) e 74 (Rio Bonito) estão operando até Barra Mansa. As linhas 712 (Rio Bonito), 717 (Posse Circular), 725 (Gaby), 728 (Jurity) e 729 (Albertos), ainda não voltaram a circular. A linha 707 (Fagundes) opera parcialmente, não seguindo até Anápolis e Posse dos Coqueiros.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Crédito da foto: Arquivo / Reprodução da internet