Obras no prédio da EM Jandira Bordignon serão entregues no segundo semestre

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Doze salas de aula, acessibilidade nos três andares e quadra poliesportiva. Esses são alguns dos destaques da obra no prédio da EM Jandira Bordignon, no Quitandinha. A obra, que foi paralisada em 2016, ainda na gestão passada e que foi retomada em março de 2018, está na fase de embolso da parte externa e finalização da rampa de acessibilidade. A expectativa é de que o novo prédio fique pronto no segundo semestre.

O prefeito Bernardo Rossi conferiu de perto o andamento das obras nesta terça-feira (14.05). “Essa é uma obra muito esperada pela comunidade escolar. Além de garantir o conforto dos alunos e funcionários, os espaços serão acessíveis. Uma quadra poliesportiva também está sendo construída e tudo isso vai aumentar a capacidade de atendimento da escola, de 400 para aproximadamente 700 alunos”, garante o prefeito Bernardo Rossi.

Vale lembrar que a precariedade do prédio ocasionou, em 2015, a transferência de todos os alunos para duas casas alugadas nas redondezas.  A unidade, com infiltrações, goteiras, mofo e vazamentos, passou anos sem manutenção até que teve o prédio desativado.

“Esperamos realizar a mudança dos alunos o mais breve possível assim que o prédio for entregue pela construtora. A Secretaria de Educação continua acompanhando todo o processo. O novo prédio está ficando muito bonito, com salas arejadas e em ótimo tamanho”, afirma a secretária de Educação, Marcia Palma.

No novo prédio, poderão ser atendidos até 700 alunos – matriculados desde a educação infantil até o 9º ano do ensino fundamental. A reforma compreende doze salas de aula, biblioteca e quadra poliesportiva. O projeto de revitalização prevê rampa de acessibilidade nos três andares do prédio, banheiros também acessíveis, doze salas de aula, biblioteca, refeitório, sala multiuso, biblioteca e quadra poliesportiva.

A Jandira Bordignon atende cerca de 400 alunos, matriculados desde o 5º período da educação infantil até o 9º ano do ensino fundamental. Desde 2015, os alunos estão sendo atendidos em duas casas alugadas nas proximidades da obra. Em uma das casas, na Rua Getúlio Vargas são atendidos os alunos da educação infantil e ensino fundamental I e na outra, na Rua São Paulo, os alunos do ensino fundamental II.

A diretora da escola, Érica Lima Xavier, ficou feliz em acompanhar o andamento da obra. “A equipe está animada com a possibilidade de reunir todos os alunos no mesmo espaço. Tenho certeza que os alunos também gostarão”.

O prefeito Bernardo Rossi esteve acompanhado pelo vice-prefeito Baninho e pelo chefe de Gabinete Renan Campos e pelo secretário de Obras, Ronaldo Medeiros.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.