Foto: New Africa/shutterstock

Número de crianças mortas por causa de xarope contaminado aumenta na Indonésia

Até o dia 20 de outubro, o total de mortes eram de 133.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Ministério da Saúde da Indonésia anunciou nesta segunda-feira (7), o aumento do número de crianças mortas por causa da ingestão de um xarope contaminado com etilenoglicol e dietilenoglicol. Até o dia 20 de outubro, o total de mortes eram de 133.

Segundo informações divulgadas pela Agence France-Presse (AFP), as mortes se deram por uma insuficiência renal aguda causada pelo consumo do xarope. Até o momento, 324 casos de crianças com a reação foram registrados, das quais 195 morreram e 27 seguem hospitalizadas.

Desde agosto, a Indonésia tem visto um aumento, até então inexplicável, de casos de crianças com insuficiência renal. A condição afeta a capacidade dos rins de exercer suas funções, como filtrar e remover substâncias do corpo. No último mês, as autoridades de saúde do Sudeste Asiático decidiram abrir uma investigação para descobrir a origem do aumento repentino da doença, chegando nos xaropes infantis.

Foram feitos testes, onde encontraram uma quantidade excessiva de etilenoglicol e dietilenoglicol, componentes utilizados em produtos industriais como anticongelantes.

Produzidos pelo laboratório indiano Maiden Pharmaceuticals, a Indonésia suspendeu todas as vendas e prescrições dos xaropes medicinais indicados para tosse e resfriado.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.