Foto: Prefeitura do Rio

Novo Bolsa Família, chamado de Auxílio Brasil, pode pagar cerca de R$ 400 mensais até 2022

De acordo com a proposta, R$ 34,7 bilhões seriam custeados pelo orçamento do Bolsa Família, já aprovado pelo Congresso.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Governo Federal, pretende pagar R$ 400 para 17 milhões de famílias de baixa renda. Ao todo, o valor do programa social pode custar aos cofres públicos R$ 84,7 bilhões em 2022. O novo valor faz parte da reformulação do Bolsa Família, que foi renomeado pelo presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) para Auxílio Brasil.

Na prática, o governo aproveitaria o orçamento do Bolsa Família para custear o novo programa. Seria assim: os beneficiários receberiam R$ 189 pagos pela iniciativa atual, e um complemento seria depositado pelo Auxílio Brasil para chegar aos R$ 400.

De acordo com a proposta, R$ 34,7 bilhões seriam custeados pelo orçamento do Bolsa Família, já aprovado pelo Congresso. Outros R$ 50 bilhões sairiam de uma espécie de “auxílio temporário”. A manobra evita desrespeito à Lei de Responsabilidade Fsical.

Nos bastidores do governo, uma medição de forças tem atrasado a formatação final do Auxílio Brasil. Técnicos da Economia são contra qualquer pagamento fora do teto, porém, a política do governo tem pressionado o ministro Paulo Guedes. Além da ajuda social, os pagamentos representam uma possibilidade de ampliar o apoio a Bolsonaro para uma possível candidatura à reeleição em 2022.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.