Nova Friburgo tem melhor primeiro semestre na criação de empregos dos últimos 14 anos

Os dados divulgados no final de julho mostram que a cidade encerrou o período criando 1.657 novos postos de trabalho formais.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do governo federal, mostrou que Nova Friburgo teve o primeiro semestre positivo na geração de empregos. Os dados divulgados no final de julho mostram que a cidade encerrou o período criando 1.657 novos postos de trabalho formais. Este é o melhor resultado para um primeiro semestre desde o início da série histórica do cadastro. 

Entre janeiro e junho de 2021 todos os meses tiveram saldo positivo na geração de emprego, registrando 9.593 admissões e 7.936 desligamentos no município. Quatro dos cinco setores econômicos avaliados criaram vagas no semestre.

A atividade econômica que mais empregou de janeiro a junho foi a Indústria, sendo responsável por 1.058 contratações (63,85%). Em segundo lugar ficou o setor de serviços, com 392 postos criados (23,65%), enquanto o comércio e a construção civil também tiveram saldo positivo, criando 178 e 32 vagas respectivamente. Apenas o setor da agropecuária fechou o semestre com saldo negativo, encerrando três postos. Ao longo do ano, março foi o mês que criou mais vagas, com 440 novos trabalhadores formais em Nova Friburgo. 

O secretário de Finanças e Desenvolvimento Econômico, Hugo Leonardo de Carvalho, comentou que o desempenho do primeiro semestre confirma uma perspectiva de crescimento econômico após o início da pandemia de covid-19. “E isso se reflete também na arrecadação. Tendo em vista a gradual retomada das atividades econômicas, diante do avanço da vacinação contra a covid-19 em nosso município, já no primeiro semestre do corrente ano, os resultados de arrecadação foram positivos, tanto no que diz respeito aos repasses constitucionais, quanto dos tributos próprios municipais. Estes dados são importantes, visto que com mais recursos existe a possibilidade de uma maior e melhor entrega dos serviços públicos para a população friburguense”.

De acordo com o prefeito Johnny Maycon, esses números mostram a resiliência, a superação e o poder empreendedor do friburguense, que em mais uma grande crise se reinventa e vence as adversidades conseguindo abrir novos postos de trabalho. “Inclusive batendo recorde. Por isso estamos trabalhando na desburocratização para abertura de novas empresas e nos trâmites legais para que possamos fomentar ainda mais a abertura de mais postos de trabalho, além de qualificar a mão de obra, principalmente na indústria da moda através do Cevest, de modo que tenhamos cada vez mais profissionais qualificados para assumir esses postos.”

SÉRIE HISTÓRICA: Fonte Caged
ANO/ SALDO

2021: 1.657
2020: -2.603
2019: 575
2018: 562
2017: 599
2016: -493
2015: 06
2014: 374 
2013: 333
2012: 570
2011: -163
2010: 1.352
2009: -1.656
2008: 1.440
2007: -1.684

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.