Começa nesta quinta-feira (22.11) mais uma etapa do Serviço de Castração Gratuita do governo municipal. A segunda etapa da campanha deste ano será realizada no Parque de Exposições de Itaipava, com atendimentos para os animais inscritos previamente na Unidade Básica de Saúde de Itaipava. Para esta campanha estão previstos 1200 procedimentos em cães e gatos, que serão realizados até o dia 28 de novembro. A expectativa é de que 200 cirurgias sejam feitas diariamente.

A partir de amanhã, entre as 8h e 17h, uma equipe de cerca de 20 profissionais estará lotada no posto de atendimento montado no Parque de Exposições. “Estamos cumprindo com o compromisso de fortalecer o trabalho de castração na cidade. Tivemos anteriormente a equipe do INEA (Instituto Estadual do Meio Ambiente), que permaneceu aqui fazendo castrações no município e agora nós estamos montando o nosso consultório móvel, o “castra móvel”, aqui na cidade. A cidade passou um tempo sem oferecer esse serviço e esse ano vamos registrar um recorde de castração”, destacou o prefeito Bernardo Rossi, que acompanhou a montagem do estande de atendimentos nesta quarta-feira (21.11).

Esta é a segunda etapa da castração de animais urbanos feito no município e, segundo a Secretaria de Saúde, o objetivo é equilibrar o crescimento da população animal, mas principalmente, controlar as zoonoses. “Essa campanha abrange a área de Nogueira até o Vale do Cuiabá. Essa é mais uma ação que contribuirá com o nosso trabalho de controle de zoonoses, que é a transmissão de doenças de animais para a população humana. Precisamos dessa castração para ter melhor eficiência no atendimento na cidade”, destaca a secretária de saúde, Fabíola Heck.

Esse ano, o primeiro serviço prestado pelo município foi em julho, no bairro de Corrêas, que abrangeu os animais dos bairros do Bonfim, Castelo São Manuel, Caititu, Jardim Salvador e Glória. Na ocasião foram castrados 920 animais. “Essa é uma forma de diminuir situações de maus tratos, de zoonoses. Ajuda a minimizar o desconforto dos animais e dos próprios donos. Castrar e controlar é fundamental. Essa campanha é destinada para as pessoas que têm dificuldades de recorrer um serviço particular, pessoas de baixa renda, além dos animais de rua, desde que a pessoa que traga o animal se responsabilize por ele durante o pós-operatório”, destaca a coordenadora da ação Maria Beatriz Pelleguini, que destaca que o cadastramento pode ser feito na UBS Itaipava até que todas as vagas sejam completas: “a intensão é atender as pessoas residentes dessa região. A gente segue um roteiro de castração que começou no Quitandinha e pretende levar até a Posse”. A nova ação vai abranger animais de famílias residentes em Nogueira, Itaipava, Madame Machado, Boa Esperança e Cuibá.

O cadastramento de animais para essa campanha de castração pode ser feito até o dia 27 de novembro, um dia antes do término do período de permanência do consultório em Itaipava. Há um mês a região já vinha sendo atendida pelo programa de castração do Governo do Estado, o Ambiente Animal que, com uma estrutura um pouco menor, realizou cerca de 600 castrações. O programa encerrou os atendimentos nesta quarta-feira (21.11) e as pessoas que não conseguiram a castração por esse programa, podem fazer a inscrição na campanha municipal. “É necessário que as pessoas façam um novo cadastramento, pois são programas diferentes”, destaca Maria Beatriz.

Os interessados devem se apresentar na UBS de Itaipava, onde farão o cadastramento e serão agendadas e receberão todas as orientações para o dia da cirurgia, com dia e hora marcados.

Para realizar o cadastramento para o Serviço de Castração Gratuita, o responsável pelo animal precisa fazer a inscrição na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Itaipava, localizada na Estrada Philúvio Cerqueira Rodrigues, sn°, das 8h às 17h. É necessário apresentar Identidade, CPF e comprovante de residência do responsável. As inscrições para a castração de cães foram encerradas, uma vez que todas as vagas foram preenchidas. Ainda há, no entanto, disponibilidade de agendamento para castração de gatos.

Para a castração em gatos é necessário que tenham peso mínimo de 1,2kg e tenham idade máxima de nove anos. No momento do agendamento, o responsável pelo animal, receberá as orientações sobre pré-operatório. O animal só precisa ser levado na data e hora agendadas para a realização da cirurgia. No local, os médicos veterinários farão a avaliação do animal para que o procedimento seja feito. A campanha é voltada para pessoas de baixo poder aquisitivo, que não têm recursos para custear o procedimento na rede privada.